Notícias

Presidente da FAET/SENAR participa em Brasília de evento que trará benefícios para Região Norte

28/11/2019 13h34

A Comissão Nacional de Desenvolvimento da Região Norte da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) se reuniu na quarta (27), em Brasília (DF), para discutir ações de desenvolvimento do setor agropecuário local. O presidente da CNA, João Martins, fez a abertura do encontro e reforçou a importância da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do SENAR para ajudar os produtores rurais da região. “A casa está disposta a ajudar porque queremos um país justo e vamos levar assistência técnica ao pequeno e ao médio produtor”, afirmou Martins.


O diretor-geral do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, Daniel Carrara, apresentou os dados da ATeG na Região Norte, que atende hoje 3,7 mil propriedades rurais. “Ano que vamos aumentar a capacidade operacional do SENAR nos estados para atendermos mais propriedades rurais com assistência técnica e gerencial. Na região Norte, por exemplo, podemos ampliar pelo menos em 30%. Na ocasião a comissão também debateu o Programa de Regularização Ambiental (PRA) Simplificado, proposta que a CNA está trabalhando com projetos piloto no Amazonas, Goiás, Minas Gerais e Acre. A iniciativa pretende oferecer alternativas ao produtor rural na hora de recuperar os eventuais passivos ambientais previstos no Código Florestal.


“A CNA pode ajudar os estados a alcançar a sustentabilidade por meio do Projeto Biomas. São 10 anos de pesquisa do projeto nos seis biomas e, dentro do webambiente (https://www.webambiente.gov.br/), há um cardápio que oferece tecnologias para cada bioma, além da assistência técnica do Senar que ajudará o produtor a se adequar às tecnologias”, afirmou o coordenador de Sustentabilidade da CNA, Nelson Ananias Filho.


A simplificação está sendo feita em parceria com diversas entidades e órgãos públicos e a intenção da CNA é ampliar o número de estados que participam do projeto. “Ano que vem os produtores rurais dos estados onde já começamos vão ter o Plano de Recuperação de áreas Degradadas e Alteradas (PRADA) sem nenhum custo. Agora estamos conversando com outros estados”, ressaltou.

Presente no evento, o Presidente do Sistema FAET/SENAR, Paulo Carneiro, falou sobre a importância dessas ações. “ Eu tenho certeza que para o ano de 2020 nós iremos dobrar os casos de sucessos dos nossos produtores atendidos pela Assistência Técnica do SENAR. ” Comentou.