Notícias

Feira Segura realizada com sucesso nos municípios de Gurupi e Dianópolis

11/05/2020 12h16

Neste final de semana, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR/TO), realizou mais uma Feira Segura, nos municípios de Dianópolis e Gurupi, o Projeto FEIRA SEGURA é uma iniciativa da CNA e do SENAR, cujo objetivo é apoiar a organização e a realização de feiras de comercialização de produtos alimentícios, de modo a viabilizar o escoamento da produção agropecuária fresca, garantindo à população o abastecimento de alimentos com segurança e higiene, neste momento que todos estão enfrentando uma situação delicada em termos de saúde pública, por conta da pandemia do novo Coronavírus.
.
Novamente, os produtores rurais tiveram a oficina “Higiene e Manipulação de Alimentos”, com as seguintes orientações: posicionamento das barracas e o ambiente de comercialização; manipulação e embalagem dos produtos; cuidados de higiene dos feirantes, como uso de mascaras, luvas e álcool em gel; condicionamento dos produtos; organização da feira. A novidade da primeira edição em Gurupi foi a pia itinerante montada pelo SENAR, para que tanto os produtores como os visitantes pudessem lavar as mãos na entrada e saída da feira, garantindo ainda mais a segurança de todos, lembrando também que foi disponibilizado pelo SENAR, o álcool em gel e máscaras de tecidos higienizadas para todos os feirantes e visitantes.

Em ambos os municípios as feiras foram realizadas no período da tarde iniciando às 14 horas, ao final passaram pelas duas feiras mais de 1.200 pessoas, e os feirantes calcularam uma estimativa de venda em torno de quase 12.000,00 (doze mil reais). Em Dianópolis, o produtor de queijo, Fernando Izzo, comemorou a venda de seus produtos. "Sou feirante aqui na cidade há mais de três anos, mas com a pandemia ficamos desamparados. A iniciativa do SENAR nesse momento foi fundamental para nós produtores, tivemos um volume de venda maior, trouxe queijos e já consegui vender todos os produtos", comentou.

O feirante de Gurupi Daniel Soares, produtor de farinha falou que desde o inicio da pandemia não conseguia mais comercializar seus produtos. “Eu quero agradecer a oportunidade que o SENAR está nos oferecendo com a realização dessa feira, eu graças a Deus saio hoje daqui feliz e realizado, consegui vender meus produtos e volto para casa com o coração cheio de gratidão e acreditando que dias melhores virão.” Disse emocionado.