Notícias

SENAR E EMBRAPA treinam técnicos que vão levar conhecimento e tecnologia aos produtores rurais do Tocantins

20/07/2021 14h59

Já na primeira semana de atividades da capacitação de técnicos de campo do Senar, os participantes tiveram a oportunidade de ver, na prática, como a pesquisa e as novas tecnologias podem auxiliar o homem do campo. Um grupo formado por agrônomos, veterinários, zootecnistas e técnicos agrícolas fizeram uma visita técnica à Chácara Saint Expedit, no projeto São João, em Porto Nacional.

Guiados pelo médico veterinário e instrutor da Embrapa, Júnior Colombo, uma autoridade no assunto, o grupo acompanhou o diagnóstico e as recomendações repassadas ao produtor, Eduardo Henrique de Abreu Filho. Ele e a esposa tem 16 hectares destinados à criação de gado para a produção de leite. Parte dos pastos é irrigada, tem boa adubação, mas a produtividade dos animais ainda não é satisfatória.

Para o instrutor, é o emprego de técnicas de manejo, melhorias que proporcionem conforto aos animais e eficiência na gestão é que poderão permitir um aumento de produção de leite e na lucratividade do negócio. “Cada propriedade tem sua particularidade, não se trata de sair replicando modelos, por isso, a atualização é fundamental para que os técnicos estejam por dentro das novas tecnologias e consigam levar ao produtor o conhecimento necessário para que ele produza mais e tenha lucratividade no seu negócio”, destacou Júnior Colombo.

EDUCAÇÃO CONTINUADA

“A capacitação é uma oportunidade que valoriza o profissional de campo porque é um conhecimento que ele leva pra vida toda e isso também ajuda tanto o técnico, como o produtor que é beneficiado com essa atualização”, destacou o gerente da Assistência e Gerencial (ATeG) do Senar, Fabrício Vasconcelos. Segundo ele, para atestar o aprendizado, cada técnico ficará responsável por uma Unidade de Referência Tecnológica (URT), que servirá de modelo para inspirar outros produtores rurais.

Já o analista da Embrapa, Cláudio Barbosa, lembrou que a capacitação tem metodologias de sucesso reconhecido, como o “Balde Cheio” e “ABC Corte”, programas que recentemente foram reconhecidos pela ONU como boas práticas em termos de sustentabilidade. “A gente espera que essa parceria seja ininterrupta e que ele possa chegar a muitos produtores por todo o Estado”, reforçou.

PARCERIA

O Senar Tocantins e a Embrapa Pesca e Aquicultura firmaram parceria que vai atingir 27 técnicos de campo que atuam nas cadeias de Bovinocultura do Corte e do Leite, por meio da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG). A capacitação tem duração prevista de dois anos e 80 horas aulas, tanto com atividades teóricas como práticas.

DCom Sistema FAET/SENAR
Palmas, 20 de julho de 2021